ASSOCIE SUA MARCA À CULTURA

INCENTIVO CULTURAL (Lei Estadual de Incentivo à Cultura e Rouanet)
Para incentivo cultural entre em contato pelo email: institutociabelladeartes@gmail.com ou iccba@hotmail.com

domingo, 8 de maio de 2011

Presidente do ICCBA prestigiou no dia 29/04 a peça de teatro "Tio Vânia (aos que vierem depois de nós), do Grupo Galpão



Marina De Andrade, Presidente do Instituto Cultural Companhia Bella de Artes este no Cine Galpão Horto http://www.galpaocinehorto.com.br/ - Belo Horizonte para assistir e prestigiar o último trabalho do Grupo Galpão, Tio Vânia (aos que vierem depois). 

Tendo em vista a a diversidade cultural presente no Instituto Cia Bella de Artes, é importante e relevante acompanhar trabalhos artísticos em outras localidades e, além de assistir uma brilhante peça de Teatro como é "Tio Vânia", podemos agregar ao ICCBA outras experiências.

"A peça "Tio Vânia", de Anton Tchékhov, ambientada em uma propriedade rural russa, no final do século XIX, aborda, de maneira profunda e delicada, o amor, o desejo, a passagem do tempo, o declínio físico, a aridez da existência, o desalento, a aniquilação dos sonhos. E inclui, surpreendentemente, uma mensagem, atravessada de fé.
Proclama a necessidade de se pavimentar um caminho por onde as futuras gerações possam alcançar um mundo mais generoso, mais justo e mais feliz. Um texto que esmiuça a alma de tantos personagens desiludidos, que vê o presente com desencanto e frustração, também trata da esperança e da coragem de se projetar o futuro.
O convite à Diretora Yara de Novaes, expoente da mesma geração teatral que a maioria dos integrantes do Galpão, foi quase uma consequência natural dessa identificação. Pesquisadora constante e incansável da natureza e da razão de ser do teatro, Yara vem experimentando, ao longo de sua carreira como diretora, respostas a novos e velhos questionamentos que a arte cênica constantemente nos propõe.
Para o Galpão e para Yara, "Tio Vânia" representa, acima de tudo, a busca por um teatro que reflita e revele os sentimentos comuns do ser humano com relação a temas tão presentes quanto universais e permanentes." (Grupo Galpão). 

Quem tiver oportunidade, assista a peça de teatro "Tio Vânia" do Grupo Galpão.


ESPETÁCULO TIO VÂNIA (AOS QUE VIEREM DEPOIS DE NÓS)

com o Grupo Galpão
direção: Yara de Novaes
28 abril a 12 junho 2011
Quinta a sábado, 21h | Domingo, 19h

Ingressos:
Quinta e sexta: R$ 24 (inteira) | R$ 12 (meia)
Sábado e domingo: R$ 30 (inteira) | R$ 15 (meia)
No Galpão Cine Horto

Sinopse do espetáculo

Escrita em 1897 por Anton Tchékhov, a peça "Tio Vânia" tem como tema central a perda inevitável das ilusões e a consequente necessidade do homem de se reinventar e de enfrentar o futuro. Vivendo numa propriedade rural, Vânia, o protagonista, descobre, com quase cinquenta anos, que até então desempenhou um papel secundário e irrelevante na vida. Essa constatação ocorre quando o Professor Serebriákov, viúvo de sua irmã, deixa a cidade para viver na fazenda com sua nova esposa, a jovem e atraente Helena. O novo morador, até então um mito, não só para Vânia, mas para toda a família, acaba revelando, com a proximidade, seu verdadeiro caráter: um homem arrogante e um intelectual medíocre.

A chegada do casal altera completamente a rotina da casa. Não só pela prepotência do Professor, mas também pela perturbadora presença de Helena, que incendeia a imaginação de Vânia e atrai irresistivelmente o Dr. Ástrov, um médico amigo da família, com ideias originais com relação ao futuro da terra, e objeto da paixão de Sônia, sobrinha de Vânia e filha de Serebriákov. Atormentada entre o desejo e o sentimento de culpa, Helena acaba seduzida por Ástrov sem, contudo, se permitir realizar sua paixão.

Obra prima da dramaturgia de todos os tempos, fonte inesgotável de remontagens e novas leituras, “Tio Vânia” privilegia, sobre uma paisagem de frustração e tédio, a investigação sobre a coragem e a esperança.

Ficha técnica
Elenco:
Antonio Edson / Tio Vânia
Arildo de Barros / Serebriákov
Eduardo Moreira / Ástrov
Fernanda Vianna / Helena
Paulo André / Teléguine
Teuda Bara /Maria
Atriz convidada: Mariana Lima Muniz / Sônia

Direção: Yara de Novaes
Texto: Anton Tchékhov
Tradução: Grupo Galpão
Cenografia e Figurino: Márcio Medina
Iluminação: Pedro Pederneiras
Preparação Corporal e Assessoria de Movimento Cênico: Mônica Ribeiro
Trilha Sonora e Música Original: Dr Morris
Caracterização: Mona Magalhães
Pintura das Colunas e Confecção da Árvore: Atelier Junia Melillo
Adereços: Marney Heitmann
Direção vocal de texto: Babaya
Assistência de Direção: Paulo André
Assistência de Cenário: Amanda Gomes
Assistência de Figurino: William Rausch
Cenotécnicos: Helvécio Izabel, Bruno Cerezoli, Elton John
Operação de Luz: Wladimir Medeiros
Operação de Som: Vinícius Alves
Produção Musical: Pedro Durães
Músico: Felipe José
Professor de Violão: Júlio Marques
Costureira: Taires Scatolin
Estagiária de Cenário: Marina RB
Técnica de Pilates: Waneska Torres, Camila Couri
Fotos: Guto Muniz, Casa da Foto
Projeto Gráfico: Lápis Raro
Consultoria de Planejamento: Romulo Avelar
Assessoria de Planejamento: Ana Amélia Arantes
Assessoria de Comunicação: Paula Senna
Estagiários de Comunicação: Ana Alyce Ly, João Luis Santos
Assistência de Produção: Evandro Villela
Produção Executiva: Beatriz Radicchi
Direção de Produção: Gilma Oliveira
Produção: Grupo Galpão
Patrocínio: Petrobras





Nenhum comentário:

Postar um comentário