ASSOCIE SUA MARCA À CULTURA

INCENTIVO CULTURAL (Lei Estadual de Incentivo à Cultura e Rouanet)
Para incentivo cultural entre em contato pelo email: institutociabelladeartes@gmail.com ou iccba@hotmail.com

domingo, 13 de março de 2011

A Biblioteca das Artes do Instituto Cultural Companhia Bella de Artes voltará a funcionar a partir de Abril/2011

A partir de abril as portas serão abertas 
Mario Seguso e Antonio Cândido




A partir de Primeiro de Abril, data em que inicia as atividades culturais e artísticas 2011 do Instituto Cultural Companhia Bella de Artes, a Biblioteca de Artes também voltará a funcionar. O acervo possui obras de referência em História, Filosofia, Sociologia e Antropologia, além de títulos em todos os campos da arte. O acerto conta com obras da História da Arte, de G. H. Gomrich, História mundial do teatro, de Margot Bertold, Danças Dramáticas do Brasil, de Mário de Andrade e Anotações de Da Vinci por ele mesmo, de Leonardo Da Vinci, dentre muitas outras.

Além de apreciar boa leitura, o leitor poderá desfrutar de ótimas acomodações e de um local acolhedor e aconchegante, sem qualquer custo.  

Abaixo segue duas matérias sobre a implantação da "Primeira Biblioteca de Artes do Sul de Minas".


Poços terá primeira Biblioteca de Artes do Sul de Minas

No próximo dia 15, o Instituto Cultural Cia Bella de Artes de Poços de Caldas inaugura a primeira Biblioteca de Artes do Sul de Minas Gerais. Diferente de outras entidades com acervos literários, os livros disponíveis nela serão todos voltados ao suporte de artistas ou interessados em cinema, música, artes plásticas e teatro, além de obras de análise literária. Com capacidade para cerca de 6 mil títulos, a Biblioteca trará títulos raros ou de difícil acesso do público em geral. 
Para pesquisadores e interessados em arte, que sofriam com a falta de acesso à literatura específica, o momento é de comemoração. O acervo terá obras de referência em História, Filosofia, Sociologia e Antropologia, além de títulos em todos os campos da arte. 
O conjunto inicial conta com livros de relevância cultural e artística como a História da Arte, de G. H. Gomrich, História mundial do teatro, de Margot Bertold, Danças Dramáticas do Brasil, de Mário de Andrade e Anotações de Da Vinci por ele mesmo, de Leonardo Da Vinci. 
O novo aparelho cultural da Cia Bella contará com um bibliotecário para orientar os pesquisadores e leitores. O acervo estará disponível para leitura e pesquisa. Além disso, população poderá encontrar o que deseja pela internet, acessando a página da Cia Bella (www.ciabella.org.br). O acervo poderá ser consultado on line, através do mesmo programa que gerencia as bibliotecas da Universidade Federal de Minas Gerais e da Academia Brasileira de Letras.
Antonio Candido
Sendo considerado um dos mais importantes intelectuais brasileiros, o professor Antonio Candido de Melo e Souza inspirou a criação da Biblioteca é estará em Poços de Caldas, especialmente para inaugurá-la. Nascido em 1918, ele exerceu também - e ainda exerce - um papel decisivo sobre os estudos literários hispano-americanos. Antonio Candido faz parte da história de Poços, já que ele não só passou a infância na cidade, como também escreveu alguns de seus mais brilhantes artigos nela. Por toda a relevância de seu trabalho, a Biblioteca das Artes terá uma prateleira especial para as obras do intelectual. 
Fonte: ACS/Cia Bella de Artes

Instituto Cultural Cia. Bella de Artes apresenta projeto de biblioteca de arte

J.M.Moreira
Poços-net

Fomentar o gosto pela literatura, o hábito da leitura e proporcionar oportunidade para difusão da produção literária brasileira e mundial: com esse objetivo, o Instituto Cultural Cia Bella de Artes formalizou um velho sonho e lançou na manhã desta terça-feira (6 mar), o projeto de implantação e construção da biblioteca Antônio Cândido, em homenagem ao renomado crítico literário, que passou boa parte de sua vida radicado em Poços de Caldas.

Durante a reunião realizada no departamento de Literatura e da Diretoria da instituição, ficou decidido o perfil do projeto de Sala de Leituras –que terá acesso público e gratuito, e capacidade de acervo - que será adquirido através de campanhas de doações e aquisições - de cerca de 6.000 exemplares, com destaque para as obras do universo das artes, em especial livros de referência em teatro, música, artes plásticas e visuais, além de cinema, fotografia, arquitetura, literatura, patrimônio cultural, dança e cultura popular.

Contando com um investimento de aproximadamente R$ 30 mil, o projeto será inaugurado no mês que vem e tem o apoio das Leis Federal e Estadual de Incentivo à Cultura e o patrocínio da estatal Gasmig e da Togni Refratários.

O projeto arquitetônico é assinado pelas arquitetas Marina Melo e Simony Teixeira, que apresentaram a maquete eletrônica da biblioteca (imagens).

“A literatura mantém viva a língua de um povo, tornando-se, além de meio de expressão e entretenimento, instrumento fundamental de unidade nacional.

Assim, é uma das pilastras de sustentação da cultura de uma nação. Sem ela, essa nação pode perder sua identidade cultural, decair e até desaparecer.

Sustentar a literatura viva e atuante, é obrigação da política cultural de qualquer governo ou instituição pública de fomento a cultura, além de uma obrigação de todo cidadão consciente”, analisa o produtor cultural e fundador do ICCBA, Giovanni Dias.

Segundo ele, a necessidade intrínseca de comunicação do ser humano o leva a criação e manutenção de uma língua, através da qual ele se expressa de maneira útil ou artística, criando uma das mais expressivas formas de arte: a Literatura. Nesse sentido, vale citar a poesia cristalina do mestre Carlos Drummond de Andrade: “Lutar com palavras é a luta mais vã, no entanto lutamos mal rompe a manhã”.

Para maiores informações (e doações de livros), favor entrar em contato pelo telefone (35)3715-5563 ou através do e-mail: ciabella@pocos-net.com.br.
...................
(fonte: ass. ICCBA)







Nenhum comentário:

Postar um comentário